Mauricio Alemão padrinho do Projeto Brasileirinho está jogando na 6ª divisão alemã e sonha com grandes clubes!


Ex-Potiguar disputa 6ª divisão alemã e sonha com grandes clubes

articleteaser_9758

Muitos brasileiros se aventuram nas divisões de acesso da Europa na esperança de um dia chegarem às grandes equipes e disputarem a Uefa Champions League. Mesmo que isso não ocorra, eles podem melhorar a situação financeira da família e aproveitarem a qualidade de vida destes países.

Esse é o caso do zagueiro Maurício Silva Mesquita Júnior. Ele está desde junho deste ano no Rot-Weiss Neuenhagen, time da sexta divisão da Alemanha.

“É um sonho realizado, já tinha desistido e estava um tempo atrás trabalhando como ajudante de pedreiro com meu pai. De uma hora pra outra pode mudar na minha vida”, contou o jogador, ao ESPN.com.br.

Ao lado de outros cinco compatriotas, o carioca de 23 anos quer um dia disputar a Bundesliga. Antes disso, porém, ele joga com alemães que fora dos gramados também são bancários, pedreiros e até advogados.

“O futebol é uma segunda opção na vida dos alemães, mas para mim é a primeira. O clube nos colocou na escola de alemão. Eu estou aprendendo umas palavras, ainda não domino o idioma que é bem difícil”.

alemao-foto-emerson-pereira-1

Os treinos do Rot-Weiss Neuenhagen ocorrem no período noturno durante a semana. As partidas são disputadas somente aos finais de semana.

“É uma oportunidade muito boa e estamos invictos no campeonato. O time é muito bom e ganhamos todos os nove jogos. O campeonato é diferente do Brasil, mais fraco, mas tem muito toque de bola. Saem muitos gols nas nossas partidas e os placares são muito elásticos. Fizemos 11 gols no último jogo”.

O clube é organizado, com dois campos de treinamentos e um estádio para duas mil pessoas. Os brasileiros moram em casas cedidas pela equipe e recebem alimentação. Todos os compromissos assumidos, segundo Maurício, são cumpridos em dia.

“Eu tenho um ano de contrato. Moro no centro de Berlim, uma cidade muito bonita e boa de se viver. O custo não é tão caro. O presidente cuida da gente como filhos mesmo”.

“A cultura deste país é maravilhoso e as pessoas são educadas e carinhosas. Eles conversam com a gente e não tratam ninguém de forma inferior. Se puder fazer carreira aqui seria um sonho. A experiência é muito boa para ter um crescimento”.

Além disso, ele quer avançar às fases seguintes da Copa da Alemanha para encarar times de divisões superiores e chamar atenção. Maurício sabe que precisará de paciência, grandes atuações e muita sorte para subir degrau por degrau no país e quem sabe chegar ao seu grande sonho: defender o Bayern de Munique.

“Alemanha é o melhor país do mundo e o futebol aqui é grandioso. Eles brincam por causa do 7 a 1 , mas amam os brasileiros. São muito fãs do nosso futebol e falam muito de Ronaldo, Ronaldinho, Cafu e Romário”.

DA TERCEIRA DIVISÃO DO RJ PARA EUROPA

Mauricio começou nas quadras de futsal antes de ir para o futebol de campo no Nova Iguaçu-RJ. Ele passou depois por Artsul-RJ e também fez testes no Grêmio. Após não ter ficado na equipe gaúcha, permaneceu seis meses parado antes de jogar no Miguel Couto, clube da terceira divisão carioca, no qual se profissionalizou, em 2013.

“Fomos vice-campeões da Série C, fiz quatro gols e fui melhor zagueiro do torneio. No ano seguinte, fui ao Gonçalense e consegui ser campeão e fiz vários gols também”.

Depois de passar pelo Itaboraí-RJ na segundona estadual, ele disputou a Série D do Campeonato Brasileiro pelo Potiguar-RN.

“Estava de férias e fiquei 20 dias descansado e ia jogar pelo Sampaio Corrêa-RJ, mas depois de três dias surgiu a Alemanha. Um amigo meu que jogou comigo me indicou para cá e vim. Não podia perder essa chance”.

cartaz_alunos_padrinho

bom-dia-grande-patrick-veloso_atleta_mauricio_alemao_padrinho-das-criancas-do-projeto-brasileirinho

Matéria  do atleta padrinho no Projeto Brasileirinho!

alemao-zagueiro-1024x576

Este atleta que aqui mostro nesta entrevista está na Alemanha e esteve no campo do Chicão visitando nossos alunos, (Foi tema de matéria na redetvwebmais.com) AQUI COM VÍDEO E TUDO! (https://www.youtube.com/watch?v=4k8NlLo8_ag&t=48s) VEJA A MATÉRIA https://cesbrasileirinho.wordpress.com/2017/01/23/mauricio-alemao-padrinho-do-projeto-brasileirinho-esta-jogando-na-6a-divisao-alema-e-sonha-com-grandes-clubes/

Fonte: ESPN

Fonte: http://f9.net.br/ex-potiguar-disputa-6a-divisao-alema-e-sonha-com-grandes-clubes/

VAMOS AJUDAR COMPRANDO A RIFA DA CESTA BÁSICA EM PROL DO PROJETO BRASILEIRINHO – 2017


AMIGOS CONTAMOS COM VOCÊS!
Vamos-ajudar-comprando-a-rifa-da-cesta-básica-em-prol-do-projeto-brasileirinho-2017

2-rifa-em-prol-do-projeto-brasileirinho-20172

Folhinha 2017 do Brasileirinho


Olá amigos hoje é o penúltimo dia do ano e estamos compartilhando a “Folhinha 2017 do Brasileirinho”, um presente das crianças e jovens do nosso projeto social para você lembrar das datas mais importantes do ano.

Por favor pode compartilhar com seus amigos!

Feliz Ano Novo, Deus lhe abençoe!

Grande abraço,

Prof.: Patrick Veloso.

calendario-2017_instituto_brasileirinho_print

ACABOU O TALENTO NO FUTEBOL ????


De Marcello Fernandes, eu concordo, por isso eu Patrick Veloso publico no nosso site onde mais de 45.000 pessoas já acessaram, vamos revelar talentos, com arte para o futebol do Brasil e do Mundo!

Difícil sobreviver as rodas de pais de pequenos jogadores hoje em dia, só se fala em altura, peso ,suplementos, hormônios, custos orgânicos em seus filhos que talvez não estejam vivos para presenciar!
Tudo para antecipar etapas, fases, e processos que de nada adiantarão enquanto existir uma coisinha chamada individualidade biológica e outra pequenininha chamada maturação biológica, sei que poucos treinadores conhecem, mas a internet ajuda!
Infelizmente tenho de citar graciliano ramos que em livro chamado linhas tortas lá pelos idos de 1920 dizia que o “football” não iria vingar no brasil porque somos franzinos, mirrados, fraquinhos e de uma pobreza de musculos!
Lastimável pobre graciliano, não conheceu os Ronaldos, Garrincha 1,69 mt, Romário 1,67 mt, Maradona 1,65 mt, Zico 1,70 mt, e vários outros franzinos e de pernas tortas!

fotos da internet
Lamentável ainda e ver que hoje em dia isso está começando a virar moda com times de crianças altas, fortes e descoordenadas, tudo em função da força e do mercado externo!
E o talento? E a formação sendo esquecida, tudo pelo resultado rápido, pelo sonho dos pais, e o bolso dos pseudo empresários dos 100 reais.
Aí vai minha contribuição.

As medidas da maturidade variam de acordo com o sistema biológico utilizado, os indicadores de maturidade mais usados no estudo do crescimento são:

  1. maturidade óssea
  2. maturidade sexual
  3. maturidade somática.

Medidas de maturidade óssea

A maturidade óssea, talvez, seja o melhor método para medida da idade biológica ou estado de maturidade. O esqueleto é um indicador ideal de maturidade porque seu desenvolvimento abrange o período inteiro do crescimento. Em outras palavras, em ambos os pontos, iniciais e finais, do processo de maturidade são conhecidos, porque a estrutura do esqueleto de todos os indivíduos progridem da cartilagem até o osso. O progresso da maturidade do esqueleto pode ser monitorado com segurança e o uso prudente do raio X. Os ossos da mão e do punho são os melhores indicadores de maturidade óssea. Existem dois métodos freqüentemente usados para medir maturidade do esqueleto dos ossos da mão e punho, são os métodos de Greul-ich-Pyle e de Tanner-Whithouse. Todos os métodos para estimar a maturidade óssea representam a idade óssea.
A idade óssea (IO) é expressada em relação a idade cronológica (IC) da criança e por isso pode simplesmente ser comparada.

Medidas da maturidade sexual

A medida da maturidade sexual é baseada no desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários i.e., desenvolvimento da mama e menarca (1ª menstruação) na menina, desenvolvimento do pênis e genitais no menino e pelo pubiano em ambos os sexos. O uso dos caracteres sexuais secundários como indicadores do estado de maturidade e seu progresso, obviamente está limitado apenas às fases durante a puberdade ou da adolescência e maturidade. Estes indicadores têm limitada aplicabilidade em relação as da idade óssea, porque não pode ser monitorado desde a infância até o adulto jovem, mas somente durante a adolescência.

Medidas da maturidade somática

O uso das medidas corporais como indicadores de maturidade requerem medidas longitudinais. O estirão do crescimento (pique máximo da velocidade de crescimento) é o indicador mais freqüentemente utilizado pela maturidade somática em estudos longitudinais durante a adolescência. Também podem servir como indicadores nessa fase da velocidade máxima de crescimento, o crescimento do comprimento das pernas (membros inferiores), da altura sentado (comprimento do tronco), largura biacromial (ombro) e bicristal (quadril) e, força muscular. Tais dados só são viáveis com estudos longitudinais durante o crescimento.