Como desenvolver jovens atletas autoconfiantes


Como desenvolver jovens atletas autoconfiantes

Como desenvolver jovens atletas autoconfiantes

Para ter sucesso você precisa de um plano, comprometimento para executar e consistência para direcionar.

A consistência na mensagem dos treinadores é fundamental para conquistar a confiança de seus atletas. Ninguém vai seguir um técnico que se contradiz ou que aplica critérios diferentes para situações semelhantes.

Planejamento e execução do plano são habilidades fundamentais para um líder. Para jovens atletas, seguir um plano de ação, com calendário programado, pode ser uma forma eficiente de organizar a pratica esportiva.

Repetição para Confiança

Estabelecer uma rotina é difícil no começo. É importante notar que a repetição nos treinos pode se tornar tediosa para treinadores, no entanto, para os atletas é uma ferramenta importantíssima para desenvolver segurança e autoconfiança. Repetir, repetir e repetir, é um mandamento fundamental de todos os atletas bem sucedidos.

Quando o atleta não tem a mínima ideia do que irá acontecer no treino, ele tende a demonstrar sinais de ansiedade, stress e outros comportamentos que impactam negativamente o ambiente. Estabelecer uma rotina estruturada permite que o jovem sinta-se seguro no período trabalhado. Saber o que lhes aguarda diminui em muito os comportamentos negativos e favorece a disciplina.

Prática Produtiva: Exercícios explicados

As sessões práticas podem se tornar muito mais produtiva se os atletas tem conhecimento do que especificamente será melhorado. Foque em poucos pontos por exercício para facilitar a concentração dos atletas nos objetivos de cada exercício.

Os atletas saberão exatamente que pontos o treinador observará em cada exercício, facilitando a abordagem para correções. Reduzindo o número de intervenções que o técnico precisará fazer durante o treino.

Observação e Anotações

Observe cuidadosamente seus atletas jovens seja nos treinos ou nas competições. Faça um caderno de anotações detalhado sobre as dificuldades e vantagens de cada um.

Fazer anotações pode ser muito difícil pelo envolvimento emocional com o jogo, vontade de vencer, implicância com árbitros e torcida, etc. Porém, essa prática pode justamente ajudar a evitar esse envolvimento (muitas vezes prejudicial) e transformar os treinadores em modelos mentais tanto para os atletas, quanto para os pais.

Essas simples práticas podem contribuir para o desenvolvimento de atletas seguros e autoconfiantes, além de favorecer o ambiente de treinos para todos.

Categoria de Base
(O post é baseado nas palestras de Karl Dewazien)

Anúncios

Obrigado por deixar registrado seu comentário, o Projeto Brasileirinho agradece e por favor sempre que desejar use este canal de comunicação!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: